Notícia

Palavra do Secretário Geral interino

Permita-me começar a compartilhar nosso dilema deste último trimestre de 2019 na Secretaria da CBPE.

Assumi, interinamente,  há 90 dias a Secretaria Geral da CBPE. Trabalhamos intensamente para levantar dados e organizá-los visando ter o controle da situação e, assim, melhor administrá-la.

Confira:

Entre outubro e dezembro, a Secretaria Geral da CBPE terá compromissos financeiros de 850 mil reais, assim distribuidos:
- 60% direto com missionários nos campos; 
- 10% com repasses para CBB e organizações da cbpe; 
- 2,7% com 9 pessoas que administram a Secretaria Geral + AME, ADEC, ACOM e SAF; 
- 6,5% com obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias; 
- 20,8% com água, luz, telefone, internet, programa de rádio, seguro para familiares em caso de morte de missionários; iptu e manutenção de Silvânia, serviços de dedetização, reuniões do Conselho Geral, Fiscal, comitês e  assembléia extraordinária, viagens a trabalho do Presidente, Secretário e Coordenador da AME, serviços de contabilidade, manutenção de computadores e redes, gerenciador financeiro, "igreja conectada", serviços bancários, repasses a organizações sociais e juntas missionárias, eventos pedagógicos de capacitação para igrejas, materiais de expediente, etc).

A previsão de receitas oriundas do Plano Cooperativo para o trimestre é de 500 mil reais (cobre aproximadamente 59% das despesas deste período).

A previsão de ofertas do Dia Especial de Missões e PAME para o período é de 170 mil reais (cobre aproximadamente 20% das despesas).

Isso significa que o déficit operacional previsto neste último trimestre é de 21%, aproximadamente.

O triste desta notícia é que, matematicamente falando, isso significa que, MAIS UM ANO, os missionários dos batistas pernambucanos não receberão gratificação natalina (conhecido Décimo Terceiro para os regidos pela CLT). Além disso, precisaremos cortar ou descumprir outros compromissos previstos.

Há saída, mas não temos poder para viabilizá-la SEM SUA AJUDA, como lider batista. 

Peço que  ore, primeiro, agradecendo a Deus por tudo que ele fez através da cooperação batista em favor da sua e da minha vida, da sua e da minha igreja, e, através de nós, em favor da sociedade, nesses mais de um século no Brasil.

Depois, ore pelo momento vivido pelas igrejas e sua visão de fidelidade à cooperação missionária.

Creio que o Senhor nos iluminará e moverá nossos corações.

Orando por nós,

Abs,

 

Edvar, pastor
Secretário Geral interino da CBPE

 

 

 

Em tempo: quer saber como foi a cooperação de sua igreja nos últimos 5 anos? Acesse www.cbpe.org.br e clique em Plano Cooperativo e informe o CNPJ de sua igreja.

Ou pergunte pelo sApp do Plano Cooperativo: 81 9723 0018

(Se considerou essa mensagem útil, compartilhe com membros de sua igreja para que orem pela cooperação batista em Pernambuco)